Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Crónica da minha passagem por Timor-Leste

por Médicos do Mundo, em 16.07.13

 

 Crédito foto: Arquivo MdM

por Hugo Jorge

Representante País/Coordenador do Projecto “Comunidade Saudável” em Timor-Leste, de Maio de 2012 a Maio de 2013


O povo português é, essencialmente, cosmopolita. Nunca um verdadeiro português foi português: foi sempre tudo.  

Fernando Pessoa 

 

Cheguei a Timor-Leste em Maio de 2012, poucos dias depois do meu aniversário. Aprendi rapidamente as minhas primeiras palavras: moris (vida), bee (água), hamutuku (em conjunto), diak (bom), fon (novo). Para além das novas palavras, os sorrisos, os cumprimentos, a curiosidade. Sorriso em tétum é oin-midar. Literalmente significa cara doce. A cada bom dia, a cada boa tarde, a cada boa noite, que recebi, havia sempre uma cara doce, uma cara bonita. Foi impossível não ficar contagiado. Na rua, primeiro chamavam-me "malai" (estrangeiro), depois ouvi "Hugo". No mercado de rua comprei cenoura, tomate e limão e recebi sorrisos e ofertas extras de beringela. As nossas primeiras sementes germinaram e tivemos vários vasos com coentros, piri-piri, hortelã, rúcula e alfazema. Uma varanda mais florida. Na rua disse bom dia a todos os que passam e recebi de volta um sorriso e igual cumprimento. Sem medo de errar falei cada vez mais em tétum. Os senhorios preparavam legumes, arroz e tofu e partilhavam connosco. Nós devolvíamos e fazíamos bolo de banana. Todas as noites, à mesma hora, tínhamos a visita de um toke (lagarto).

 

Sismo em Lospalos

 

Deus segura a Terra. E numa das noites de Fevereiro, à hora de jantar, Ele adormeceu ligeiramente, pois são tantas as suas preocupações. Ao adormecer, a Terra abanou ligeiramente. Na rua, todos os meus vizinhos começaram a bater nas panelas e tachos para acordar Deus da sua breve sonolência.

 

O que gostei em Timor-Leste? 

1. Do cheiro da terra, quando chove.
2. De ver o milho a crescer e imaginar uma maçaroca assada.
3. De sair à rua e ser sempre saudado com um "Bom dia" ou "Boa tarde".
4. De ver muita gente a sorrir. 
5. De comprar vegetais em bancas de rua e ter de praticar o meu bahasa (língua) indonésia por causa dos preços.
6. De comprar cogumelos frescos ali ao virar da esquina, a bom preço e sem embalagens.
7. Das sopas de agrião.
8. Do mercado ao sábado de manhã, onde comprava tofu fresco e tempeh, feito por pessoas da terra. 
9. Da falta de água canalizada, que me obrigou a gerir este recurso e a pensar como é tão valioso e tão desperdiçado.
10. Das carambolas, das maçãs de água (jambuni), das papaias, das bananas, das anonas, dos ananases. E das pessoas que os cultivam, os transportam e os vendem. 
11. Da falta de algumas coisas, o que me ajudou a aguçar o engenho e a criatividade.
12. Do tempo que as coisas demoram ou da forma diferente como resultam, o que me permite ser mais paciente e maleável.

 

Hugo Jorge colaborou como Representante de País/Coordenador do Projecto Comunidade Saudável em Timor-Leste, de Maio de 2012 a Maio de 2013. Com este projecto, a Médicos do Mundo propõe-se reduzir a taxa de mortalidade e morbilidade materno-infantil, nos distritos de Lautem e de Viqueque, aumentando o acesso a serviços de saúde na rede fixa e ao nível da comunidade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:17



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D