Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Dia Mundial de Ajuda Humanitária

por Médicos do Mundo, em 20.08.13
Confira aqui o depoimento da Joana Sanches, Coordenadora de Saúde da Médicos do Mundo em São Tomé e Príncipe ao CMTV (Correio da Manhã TV).


Saiba mais sobre este dia:


Dia 19 de Agosto, assinala-se o "Dia Mundial da Ajuda Humanitária". Esta efeméride nasce como forma de recordar, mas também homenagear os trabalhadores humanitários que perdem a vida no exercício das suas funções.


Este ano, o Dia Mundial da Ajuda Humanitária assinala o 10º aniversário do ataque ao escritório das Nações Unidas em Bagdad, que vitimou o Representante Especial Sérgio Vieira de Mello e outros 21 colegas e parceiros das Nações Unidas. Essa tragédia foi um dos aspectos que inspiraram esta data.


Sérgio foi um firme defensor dos valores e da missão das Nações Unidas. Tocou a vida de todas as pessoas que o conheceram e ajudou milhões de pobres e pessoas vulneráveis numa vida consagrada ao serviço da Organização em diferentes continentes. A sua morte foi uma grande perda para as Nações Unidas, mas o seu legado motivou muitas pessoas a dedicar-se ao trabalho humanitário.


Como é sabido, o trabalho de intervenção humanitária tem vindo a emergir como uma das mais perigosas profissões do Mundo. Sequestros, tiroteios e ameaças de morte são parte da descrição do dia-a-dia em locais como o Afeganistão, o Sudão, a Síria, a Somália e tantos outros assolados por conflitos.


Este ano, a campanha do Dia Mundial da Ajuda Humanitária pede às pessoas que respondam à questão: “De que é que acha que o mundo necessita mais?”. O objectivo é incentivar as pessoas, em toda o Mundo, a irem a http://worldhumanitarianday.org/ e a dizerem, numa palavra, o que pensam.


O poder das palavras vai expressar universalmente o elemento que falta às nossas necessidades mundiais.


A Ajuda Humanitária é também um dos pilares de intervenção da Rede Internacional de Médicos do Mundo, através das suas 15 delegações espalhadas pelo Mundo. Neste sentido, a delegação portuguesa já desenvolveu missões humanitárias nos seguintes países: Afeganistão, Guiné-Bissau, Haiti, Iraque, Moçambique, Sri Lanka, Timor-Leste, São Tomé e Príncipe. Nesses países a MdM concedeu ajudas de carácter urgente às populações, em regiões afectadas pela fome, guerra, epidemias ou catástrofes naturais.


Pesquise mais informações de interesse aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:45



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D