Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ofereça um presente solidário

por Médicos do Mundo, em 21.01.14

O livro "Olhando pelo Mundo" resulta do prazer de viajar e fotografar de dois amigos,Alexandre Costa e João Vicente - fotógrafos voluntários da Médicos do Mundo - que em 2012 decidiram subir o continente americano de Ushuaia até ao Alaska pela estrada pan-americana.

 

Durante 10 meses, fotografaram, congelando instantes do quotidiano de pessoas, do trabalho, do modo de vida, das suas emoções, da sua essência única e irrepetível. O livro é o resultado e a narração fotográfica dessa aventura.

Se é amante de fotografia, não perca esta edição. Encomende-a para si ou para oferecer a alguém especial através do e-mail olhandopelomundo@gmail.com ou do telemóvel 96 625 74 60. Por cada exemplar adquirido, está a contribuir com € 1 para a Médicos do Mundo. 

 

232 páginas; 24x24cm; Preço: €30 (€1 reverte para a Médicos do Mundo)

 


Crédito foto: Alexandre Costa

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:01

Síria: feridos inundam hospitais após ataques aéreos

por Médicos do Mundo, em 15.01.14

A Médicos do Mundo (MdM - delegação francesa) emitiu recentemente um comunicado de imprensa onde denuncia a situação catastrófica que se vive na cidade e província sírias de Aleppo, no decurso dos ataques aéreos.

 

Durante esta ofensiva foram largados “barris” de TNT que atingiram zonas residenciais e públicas, como hospitais, mercados e escolas, matando e ferindo numerosos civis. Os médicos sírios que trabalham em parceria com a Médicos do Mundo, uma das raras ONG internacionais do género presentes na Síria, testemunharam as terríveis consequências provocadas por este tipo de armas. Fotografias de cadáveres e feridos que chegaram à MdM revelam corpos mutilados, sobretudo de mulheres e crianças, que representam dois terços dos feridos.

 

“Serei assombrado para o resto da vida pelo que vi nos últimos dias”, explica F., um médico sírio a trabalhar num dos 4 hospitais apoiados pela MdM. “É ainda pior do que armas químicas; com essas ao menos morre-se inteiro…”

 

A maioria dos hospitais está sobrelotada. As ambulâncias estão danificadas, destruídas ou simplesmente não têm combustível para circular. O material médico escasseia. Perante a situação, a MdM enviou recentemente equipamento cirúrgico para mais de 150 intervenções, medicamentos e 20 000 sacos de sangue. 

 

A Médicos do Mundo relembra que é imperativo que todas as partes envolvidas neste conflito respeitem as regras do direito internacional humanitário, no que diz respeito à salvaguarda da população civil que não está directamente envolvida nos combates. Impedir o acesso dos feridos a cuidados médicos, tomando os hospitais como alvo, é outro dos crimes que a MdM também denuncia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:03

Idosos do Terceira (C)Idade vivem Natal Russo

por Médicos do Mundo, em 08.01.14

Foi um grande presente de Natal o que a Casa da Música generosamente ofereceu ao projecto Terceira (C)Idade: 30 bilhetes para o espectáculo musical Natal Russo.Para os idosos do projecto que, na sua grande maioria, nunca tinham estado na Casa da Músicanem tão pouco alguma vez assistido a um espectáculo do género, esta foi uma “estreia” acolhida com muito entusiasmo.

 

No dia 22 de Dezembro, os idosos, acompanhados da equipa do TCI, rumaram então à Casa da Música, onde assistiram deliciados à peça musical e puderam sentir a magia dos “contos fantásticos, histórias para toda a família vindas da velha Rússia onde o frio e a neve ajudam a criar o quadro perfeito para a quadra natalícia e as óperas Véspera de Natal e A donzela da neve, de Rimski-Korsakov levam-nos para o universo dos personagens mitológicos que se misturam com pessoas reais.”

 

Enquanto apreciaram esta experiência única, os 13 beneficiários que assistiram à peça esqueceram por um dia a solidão e reviveram o espírito natalício num ambiente de convívio, solidariedade e partilha.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:29

“Era uma vez o Natal…”

por Médicos do Mundo, em 01.01.14

O Natal chegou mais cedo ao projecto “Terceira (C)Idade”, com a ida, no dia 11 de Dezembro, ao Teatro de Belmonte/Teatro de Marionetas do Porto, onde beneficiários e equipa assistiram à peça Pelos Cabelos, um espectáculo de marionetas habitado por personagens insólitas, inspirado na colecção de ilustrações com o mesmo nome, da autoria de João Vaz de Carvalho, em que se contam “histórias de cabelos que nunca são cortados, que não param de crescer, que criam laços e muitas muitas muitas ligações.”

 

Muitos dos idosos conheciam o Teatro de Belmonte, mas há muitos anos que não o visitavam, por isso, foi com satisfação que aceitaram o convite desta ida ao teatro, que reuniu 28 pessoas numa tarde recheada de sorrisos e de boa disposição.

 

Crédito fotos: Arquivo MdM (Representação Norte)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:40


Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D