Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Médicos do Mundo procura colaborador (a)

por Médicos do Mundo, em 28.02.14

 

Ajudante Familiar Domiciliária (Bairro da Picheleira, Freguesia do Beato, Lisboa).

 

Enviar Curriculum Vitae e carta de motivação até dia 12 de Março de 2014 para: tania.ponte@medicosdomundo.pt.

 

Saiba mais aqui.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:05

 

Crédito fotos: Arquivo MdM (Representação Norte) 

 

No dia 4 de Fevereiro, comemorou-se mais um Dia Mundial da Luta Contra o Cancro. Para assinalar a data, o projecto “Terceira (C)Idade” (Porto) organizou no Espaço TCI, no dia 10 de Fevereiro, uma sessão de esclarecimento sobre o tema, que culminou num momento de partilha de casos reais próximos aos utentes. Esta partilha foi essencial para desmistificar alguns tabus relativos à doença e responder a algumas dúvidas que persistiam entre os idosos.

 

Na segunda parte da sessão, e para aliviar o ambiente um pouco pesado deixado pelo primeiro tema, foi desenvolvida outra actividade, desta vez relativa ao Dia dos Namorados (14 de Fevereiro). Assim, foi proposta a construção de uma caixinha com o formato de um coração, em folha de eva, para que os utentes pudessem oferecer a alguém que lhes fosse querido. Foi sem dúvida um momento divertido, no qual os idosos colaboraram com notória satisfação. 
Crédito fotos: Arquivo MdM (Representação Norte) 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:06

Foto da semana

por Médicos do Mundo, em 27.02.14

Os membros da Rede Internacional da Médicos do Mundo (MdM) encenam a barreira económica que existe entre os médicos e as mulheres grávidas e crianças, na Grécia, durante um evento de flash mob em Atenas, no dia 21 de Fevereiro. A MdM reivindica acesso gratuito à Saúde para todas as pessoas sem seguro.

 

Crédito foto: © Yiannis Yiannakopoulos

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:35

No âmbito do projecto Saber é Poder, a Médicos do Mundo inaugurou, no dia 14 Fevereiro, mais um Centro de Interacção Jovem, desta vez no Liceu Nacional, na cidade de São Tomé.

 

Para além da equipa da Médicos do Mundo, estiveram presentes no evento de inauguração a equipa da Associação Santomense de Planeamento Familiar (ASPF), a Direcção do Liceu Nacional e o porta-voz do Ministério da Educação santomense. A actividade integrou a programação comemorativa do Dia dos Namorados no Liceu, que contou com actividades culturais, palestras, sensibilização sobre gravidez precoce, realização de testagem de VIH e teste rápido de gravidez.

 

O projecto Saber é Poder tem como objectivo reduzir a gravidez na adolescência e aumentar o acesso e o uso de meios de planeamento familiar.

 

Uma das suas estratégias é a criação dos Centros de Interacção para Jovens (CIJ), que funcionam como pontos de encontro, formação e informação de jovens sobre as temáticas de Saúde Sexual e Reprodutiva. Este é já o terceiro CIJ reabilitado pela MdM em São Tomé e Príncipe.
Crédito fotos: Arquivo MdM (projecto Saber é Poder)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:13

Fim da missão em Timor-Leste

por Médicos do Mundo, em 24.02.14

Após 4 anos de intervenção, chegou ao fim o projecto “Comunidade Saudável”, financiado pela Comissão Europeia e pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, com financiamentos complementares da Fundação Calouste Gulbenkian e do Ministério da Saúde de Timor-Leste. Foi em Janeiro de 2010 que a MdM deu início à sua missão nos distritos de Lautem e de Viqueque, com o objectivo de reduzir a taxa de mortalidade e morbilidade materno-infantil, procurando aumentar e melhorar o acesso a serviços de saúde na rede fixa e a nível da comunidade.

 

Para isso, a Médicos do Mundo trabalhou em estreita colaboração com as Direcções Distritais de Saúde de Lautem e de Viqueque, tendo apoiado em ambos os distritos a implementação do Programa SISCa (Serviço de Assistência de Saúde Comunitária), que tem como principais objectivos providenciar uma assistência de saúde com qualidade às comunidades mais afastadas das unidades de saúde e promover a educação para a saúde.

 

Da actuação da MdM, destacam-se as seguintes acções:

 

- Realização de 1 estudo sobre conhecimentos e práticas maternas na área da nutrição infantil, imunização, doença respiratória aguda, doença diarreica aguda, malária e febre, relativamente a crianças menores de 24 meses, que permitiu conhecer melhor a problemática e adequar a intervenção da MdM e de futuros intervenientes;

 

- Formação de técnicos de saúde na área da saúde materno-infantil, nomeadamente em sistemas de informação em saúde, advocacia em nutrição, planeamento familiar e consulta à grávida;

 

- Formação de autoridades locais e voluntários comunitários do programa SISCa.

 

Terminado o projecto, o balanço é positivo. Conseguiram-se evoluções consideráveis ao nível dos indicadores de imunização (nomeadamente a percentagem de crianças com menos de 1 ano vacinadas contra a BCG, Sarampo, Polio e DPT), assim como da percentagem de mulheres grávidas que vão à 1ª consulta pré-natal (em Lautem, passou de 50,8% em 2011 para 76% em 2013 e, em Viqueque, de 82,5% para 88,2%). 

 

A decisão de terminar a sua missão em Timor-Leste prendeu-se com a difícil situação financeira que a Médicos do Mundo atravessa actualmente e com as consequentes dificuldades em garantir um trabalho de qualidade e um apoio sustentável.

 

A MdM agradece às equipas, aos parceiros e a todos os que estiveram activamente envolvidos no projecto, bem como às duas Direcções Distritais de Saúde, que assumiram a continuidade das acções desenvolvidas no âmbito do SISCa.

 

Veja aqui as fotos da cerimónia de encerramento do projecto em Viqueque e Lautem

 

Crédito fotos: Arquivo MdM (projecto “Comunidade Saudável”)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:10

Foto da semana

por Médicos do Mundo, em 21.02.14

MdM presta auxílio nas inundações da província de Buenos Aires

 

A Médicos do Mundo está a trabalhar no bairro La Palangana (La Matanza), na província de Buenos Aires, uma das mais afectadas pelo temporal e inundações, onde presta cuidados primários de saúde, vigilância epidemiológica e contenção da saúde mental às famílias do bairro.

 

Crédito foto: © Nicholas Di Giacomo

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:26

Dia Internacional do Preservativo

por Médicos do Mundo, em 21.02.14
No dia 13 de Fevereiro, a Médicos do Mundo (MdM), como organização empenhada na promoção da saúde, associou-se ao Grupo Português de Activistas no Tratamento do VIH/Sida (GAT) para assinalar o Dia Internacional do Preservativo.
 

No Porto, a MdM saiu à rua para distribuir material preventivo – folhetos informativos e preservativos – e sensibilizar e alertar os cidadãos para a importância da utilização do preservativo na prevenção das doenças sexualmente transmissíveis. Ao contrário do que aconteceu com as restantes faixas etárias, que pareciam desconhecer o Dia Internacional do Preservativo, esta acção foi especialmente bem recebida pelos mais jovens, o que pode indiciar alguns progressos no que respeita à sua educação sexual. Veja aqui o vídeo da acção no Porto.

 

Em Lisboa, o projecto Saúde Móvel assinalou a data na sua intervenção semanal no Bairro Quinta da Fonte, na Apelação, em Loures. Durante a manhã, a Unidade Móvel abriu a porta à comunidade e distribuiu material informativo e preservativos alusivos ao dia, aproveitando para esclarecer aqueles que interpelavam a equipa sobre o tema. A iniciativa teve uma forte adesão por parte da população de diferentes idades. À tarde, a equipa deslocou-se à Escola Básica Integrada de Apelação para realizar uma sessão de esclarecimento às turmas do 7º, 8º e 9º anos, onde respondeu a questões, demonstrou a colocação do preservativo masculino e feminino e, por fim, distribuiu material preventivo e folhetos informativos.

Foi muito interessante verificar que as raparigas ficaram bastante inibidas, demonstrando grande relutância em aceitar os preservativos, mas, por outro lado, foram as que mais questões colocaram. Os rapazes, por seu lado, foram mais participativos a nível da demonstração e aceitaram prontamente os preservativos. Esta diferença de comportamentos poderá estar associada a uma série de tabus que ainda existem sobre este tema e sobre o que se julga ser o papel da mulher e do homem neste contexto.

 

A MdM associou-se ainda às comemorações dos 15 anos do Bairro do Cabrinha (Vale de Alcântara), em Lisboa, onde distribuiu material informativo e preventivo aos moradores do bairro, às instituições locais e aos que visitaram o bairro neste dia de festa.

 

Veja aqui as fotografias das actividades desenvolvidas em Lisboa e Porto.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:15

Sessão sobre Sexualidade na Escola de Canelas

por Médicos do Mundo, em 19.02.14

 

Crédito foto: Arquivo MdM (Representação Norte)
 

No dia 31 de Janeiro, pelas 21h, o projecto EStilus promoveu uma acção de formação sobre Sexualidade na Adolescência, destinada aos pais e encarregados de educação da Escola EB 2/3 de Canelas, em Vila Nova de Gaia.

 

Nesta acção, que se realizou com a colaboração da Enf.ª Sandra da UCC (Unidade de Cuidados na Comunidade) de Arcozelo, da Associação de Pais e da coordenadora do PES (Programa e Educação para a Saúde), Cristina Lima , foram abordados e debatidos temas como: definição de sexualidade, autodescoberta, masturbação, intimidade/privacidade, orientação sexual, violência no namoro, métodos contraceptivos/IST´s (Infecção Sexualmente Transmitida) e gravidez na adolescência.

 

A sessão terminou às 23h30 com um lanche preparado pela nutricionista da equipa doEStilus. Apesar de reduzida, a audiência mostrou-se bastante participativa, colocando várias questões e expondo as suas preocupações com os seus educandos.

No final, foi ainda entregue um folheto com sugestões de sites, leitura e filmes acerca da temática.
Crédito foto: Arquivo MdM (Representação Norte)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:39

 

 

Em resposta à crise económica e ao aumento da xenofobia, a Médicos do Mundo quer o reforço do acesso à saúde para as populações desfavorecidas da Europa. O apelo vai ser realizado pelos presidentes da Médicos do Mundo da Grécia, Espanha, França e Alemanha durante uma conferência de Imprensa, no dia 21 de Fevereiro, pelas 12h15, no Ionic Center, Atenas, por ocasião de um encontro internacional e da Presidência grega da União Europeia.

O aumento dos índices de desemprego, da pobreza entre os mais jovens e do número de pessoas que perdem as suas casas por insolvência é uma realidade. A crise gerou medidas de austeridade com elevado impacto em todas as redes de segurança social, incluindo na prestação de cuidados de saúde. Por toda a Europa, muitas pessoas tiveram de enfrentar crescentes constrangimentos financeiros, testemunhando-se cada vez mais casos de mulheres sem apoio pré-natal e crianças sem acesso a vacinação.

 

Verifica-se que a população que se encontrava em situação de vulnerabilidade antes da crise está a ser fortemente atingida. Em Espanha, migrantes indocumentados e pessoas carenciadas com doenças crónicas já não conseguem fazer face às despesas de saúde. Na Grécia, observa-se uma enorme pressão sobre o sistema público de saúde. E, em muitos outros Estados-membros, diminuíram os apoios aos doentes, com os mais necessitados a serem as primeiras vítimas destas políticas.

Enquanto profissionais de saúde e, de acordo com a ética médica, a Médicos do Mundo recusa excluir qualquer pessoa em virtude do seu estatuto administrativo ou da falta de recursos financeiros. É necessário que os sistemas públicos de saúde se baseiem na solidariedade, igualdade e equidade, abertos a todos os que vivem na UE, especialmente os mais desfavorecidos. A Médicos do Mundo exige igualdade de acesso de todos aos sistemas nacionais de imunização e de cuidados pediátricos. Todas as grávidas devem ter igual acesso a cuidados pré e pós-natal.

A seguir a esta conferência de Imprensa, a partir das 14h, membros da Médicos do Mundo da Grécia, Alemanha, Bélgica, Canadá, Espanha, França, Japão, Holanda, Portugal, Reino Unido, Suécia, Suíça e EUA irão prestar a sua solidariedade às populações a viverem na Grécia, numa concentração na Praça Monastiraki, em Atenas.

Mais informação poderá ser consultada em http://mdmeuroblog.wordpress.com.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:40

Obrigada à Fotosport e aos seus clientes

por Médicos do Mundo, em 18.02.14

Pela altura do Natal, a Fotosport contactou a Médicos do Mundo com a ideia de lançar uma campanha solidária, baseada na venda dos seus calendários personalizados (com fotografias de familiares ou amigos), cujo valor resultante reverteria parcialmente para a Médicos do Mundo (€1,50 por cada calendário adquirido).

 

E assim foi. A campanha decorreu até ao dia 31 de Janeiro, tendo sido vendidos 239 calendários e angariados 358,50 euros a favor da Médicos do Mundo.

 

Resta-nos agradecer à Fotosport por esta iniciativa solidária e a todos os que se juntaram a ela, adquirindo os calendários. Bem-hajam!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:40

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D