Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Foto da semana

por Médicos do Mundo, em 28.03.14

República Centro-Africana: Num contexto de segurança extremamente difícil, as equipas da Médicos do Mundo mobilizam ajuda de emergência para socorrer os feridos e refugiados do conflito étnico que se arrasta no país.

 

Crédito foto: © Sébastien Duijndam

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:58

1º Encontro Ribeirinho: Contos Vadios!

por Médicos do Mundo, em 28.03.14

No dia 20 de Março comemorou-se o Dia Internacional do Contador de Histórias, razão pela qual a equipa do projecto “Terceira (C)Idade” (TCI) e a contadora de histórias Mariana Machado uniram esforços e organizaram, no âmbito das actividades colectivas do Espaço TCI, a primeira iniciativa (de muitas, assim se espera) dos Encontros Ribeirinhos.

 

Este primeiro encontro, que teve lugar no dia 17 de Março, intitulou-se “Contos Vadios” e procurou recuperar o património cultural e material do Porto, principalmente da zona histórica da cidade. E que melhor forma para o fazer do que através das Memórias Fotográficas, uma outra actividade do projecto TCIem que os idosos foram convidados a fotografar os locais da cidade do Porto com maior significado para a sua geração. Assim, e dando voz e papel activo aos protagonistas, os idosos apresentaram a sua fotografia e relataram a história por detrás da mesma, partilhando as recordações e as emoções que a acompanham.

 

Toda esta dinâmica permitiu desenvolver nos idosos um conjunto de competências cognitivas (tais como a atenção, a concentração e as memórias a curto, médio e longo prazo) através da descrição dos momentos vividos na sua juventude. 

 

Foi uma verdadeira viagem ao passado, em que se partilharam memórias, histórias e tradições. Uma tarde recheada de olhares saudosistas, de sorrisos sinceros e também de boa disposição, para a qual muito contribuíram os contadores de histórias convidados com as suas intervenções sempre tão positivas e especiais.

 

No projecto “Terceira (C)Idade” já estão ansiosos pelo próximo Encontro Ribeirinho! 

 

Crédito fotos: Arquivo MdM (Representação Norte) 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:08

Foto da semana

por Médicos do Mundo, em 21.03.14

"Adamantiada": programa direccionado para o tratamento de necessidades odontológicas primárias de 7500 alunos do ensino básico de áreas degradadas do Município de Atenas.

 

Crédito foto: © D. Papadimitriou

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:24

Alegria e animação em festa do TCI

por Médicos do Mundo, em 19.03.14

O projecto “Terceira (C)Idade” celebrou o Carnaval, num convívio intergeracional, repleto de animação, que se realizou no dia 3 de Fevereiro e contou com a presença de mais de trinta pessoas, entre idosos, crianças e comunidade em geral da zona histórica do Porto.

 

A festa teve a brilhante colaboração das artistas Briona De Morais e Bruna, que apresentaram um espectáculo de teatro interactivo, durante o qual convidaram várias pessoas da audiência a subir ao palco e a representar personagens que fizeram as delícias de todos e provocaram uma contagiante avalanche de risos e gargalhadas.

 

Para o lanche, houve bolos confeccionados pelos próprios idosos do projecto “Terceira (C)Idade” nas oficinas domésticas. Durante a parte da manhã, os técnicos da equipa haviam se deslocado ao domicílio de alguns dos idosos para a confecção dos bolos caseiros, tendo apenas supervisionado a actividade, deixando que os idosos se encarregassem de praticamente todo o trabalho, no sentido de permitir o desenvolvimento de competências ao nível das tarefas inerentes às Actividades de Vida Diária Instrumentais.

 

Seguiu-se o tradicional bailarico popular, que primou pela espontaneidade, convívio e muito entusiasmo. Durante toda a tarde, reinou a alegria e o espírito carnavalesco, que contrastaram com o dia cinzento e chuvoso que se fazia sentir lá fora.
 Crédito fotos: Arquivo MdM (Representação Norte) 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:23

3 anos de guerra e horror na Síria: basta!

por Médicos do Mundo, em 19.03.14

A propósito do terceiro aniversário do sangrento conflito sírio, a Médicos do Mundo lança o site syrie.medecinsdumonde.org, onde apresenta a fotorreportagem “24 horas no coração de um hospital de Aleppo”, acompanhada de testemunhos dos médicos, enfermeiros e voluntários sírios que diariamente arriscam a vida para prestar cuidados médicos em hospitais clandestinos e centros de saúde improvisados.

 

Presente desde o início da crise no interior da Síria e nos países vizinhos, a Médicos do Mundo constata no terreno o agravamento da situação. Há muito que as condições são intoleráveis. Ataques aéreos a hospitais, violência contra os profissionais de saúde que ajudam feridos, utilização de instalações médicas como locais de tortura e repressão e problemas de abastecimento causaram o colapso do sistema de saúde. Neste contexto, operar os feridos e prestar-lhes cuidados pós-operatórios tornou-se cada vez mais difícil.

 

Para assinalar este 3º aniversário e com o objectivo de aliviar o sofrimento do povo sírio, a Médicos do Mundo apela a todas as partes envolvidas no conflito para que respeitem o Direito Humanitário Internacional, sobretudo em relação à protecção dos civis e ao acesso livre e em segurança das equipas médicas e humanitárias a todos os feridos e pessoas, sem distinção, que necessitem de cuidados.  

 

Mais uma vez, a Médicos do Mundo reafirma o direito de todos os indivíduos a receber assistência médica, sejam quais forem as circunstâncias e o lugar onde se encontrem.

 

Saiba mais em syrie.medecinsdumonde.org

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:10

Precisamos do seu SIM. Diga-o no seu IRS.

por Médicos do Mundo, em 18.03.14

Para prosseguir a nossa missão e fazer face ao número crescente de pedidos que recebemos diariamente, precisamos do seu donativo. Entre as várias formas de apoiar a Médicos do Mundo, pode contribuir com 0, 5% do seu IRS liquidado, sem que isso implique quaisquer encargos ou custos adicionais para si. Basta preencher o campo 9 do anexo H (modelo 3) da sua declaração com o NIPC 504 568 566.

 

Numa sociedade em que o acesso à saúde ainda não é garantido para todos, a nossa missão é levar cuidados de saúde gratuitos aos mais desfavorecidos. Ajude-nos a dizer SIM às pessoas que mais precisam e que sem o nosso apoio estariam mais sozinhas, mais isoladas, mais em risco, sem assistência médica primária, sem medicamentos. 

 

Por elas, diga SIM. Precisamos do seu contributo para continuar, especialmente agora que enfrentamos uma frágil condição financeira devido à crise económica em Portugal.

 

Doe 0,5% do seu IRS à Médicos do Mundo.

Ajude-nos a ajudar, sem gastar nada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:05

Foto da semana

por Médicos do Mundo, em 14.03.14

A 15 de Março de 2014, o Mundo acordará para o 3º aniversário do sangrento conflito sírio. A Médicos do Mundo está com a Síria (#WithSyria) e com os médicos, enfermeiros e voluntários sírios que, todos os dias, arriscam a vida para cuidar de pessoas em hospitais clandestinos ou centros de saúde improvisados.

 

Crédito foto: © Zein Al Rifaii

#WithSyria: Vigília mundial pela Síria 2014
Visite www.with-syria.org

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:43

A Médicos do Mundo, com a sua ajuda, quer lembrar aos líderes mundiais que estas 300 000 mulheres não são apenas números.

 

Dedique um minuto do seu tempo a enviar um postal com o nome de uma delas ao Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon. 
Faça-o já em www.names-not-numbers.org 

 

Contamos consigo para divulgar esta campanha internacional que a Médicos do Mundo lança por ocasião do Dia Internacional da Mulher (8 de Março), em defesa do acesso universal à contracepção e ao aborto seguro e legalizado.

 

Vamos dar um nome a estes números:

 

222 milhões de mulheres continuam sem acesso a métodos contraceptivos modernos. 

 

50% dos abortos clandestinos são praticados em más condições sanitárias. 

 

- O aborto clandestino mata 50.000 mulheres por ano.

 

- 8 milhões de mulheres que se submetem a um aborto provocado sofrem de complicações que exigem tratamento médico.

 

Apenas 5 milhões são hospitalizadas. 

 

Até Setembro de 2014, altura em que todos os países estarão reunidos na ONU e se debaterá os direitos sexuais e reprodutivos, no âmbito do Cairo +20, a Médicos do Mundo apela à mobilização internacional a favor do direito das mulheres de disporem do seu próprio corpo e de decidirem livremente ter ou não filhos

 

Junte-se a esta campanha. Envie já o seu postal em www.names-not-numbers.org e partilhe nas redes sociais.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:35


Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D