Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Promover o convívio intergeracional, a difusão cultural e a valorização e divulgação das tradições foram os objectivos da III Feira das Obras Sociais, que decorreu no dia 6 de Junho, em Viseu. A Médicos do Mundo (MdM) esteve presente na iniciativa, a convite da Direcção das Obras Sociais do Pessoal da Câmara Municipal (CM) e Serviços Municipalizados (SM) da cidade.

 

Música, dança, artesanato urbano e petiscos foram algumas das componentes da Feira das Obras Sociais que pretendeu potenciar a interacção na comunidade, proporcionando o convívio entre as crianças que frequentam as respostas sociais da instituição e os seus familiares e amigos.

 

No evento, que decorreu, a partir das 16h, no recinto exterior do edifício das Obras Sociais do Pessoal da CM e SM de Viseu, a MdM esteve presente com uma banca com material de divulgação e o testemunho das suas iniciativas, esclarecendo todas as questões apresentadas.

 

A Médicos do Mundo agradece o convite endereçado pelo Dr. José Carreira, Presidente das Obras Sociais do Pessoal da CM e SM de Viseu.

 

Leia aqui o artigo escrito pelo Dr. José Carreira sobre o trabalho da Médicos do Mundo.

 

Foto9 - Cópia.jpg

Crédito foto: ©Raquel Rebelo  

 

foto2.jpg

 Crédito foto: ©Raquel Rebelo 

 

Foto10.jpg

 Crédito foto: ©Raquel Rebelo 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:44

Mais de 30 pessoas participaram na Caminhada Comunitária organizada pela Médicos do Mundo, através do seu projecto "Saber Viver", no passado dia 30 de Maio, em Lisboa, para assinalar o Mês do Coração. Ao longo da iniciativa, que partiu das instalações da Paróquia do Espírito Santo e se prolongou à Alameda D. Afonso Henriques, decorreram diversas actividades.

 

Antes do início da Caminhada Comunitária, os participantes tiveram a oportunidade de realizar diversos rastreios, como colesterol, glicémia, tensão arterial e Índice de Massa Corporal (IMC).

 

Após a primeira parte da Caminhada, no Jardim da Alameda, foi possível participar numa aula de Tai-chi e, no regresso ao Vitória Clube de Lisboa, junto à Paróquia, teve lugar um almoço partilhado com o contributo de todos.

 

A Médicos do Mundo agradece a todos os que participaram na iniciativa, nomeadamente aos beneficiários do “Saber Viver”, voluntários e parceiros, assim como ao Vitória Clube de Lisboa, pela constante colaboração e disponibilização do espaço. O “Saber Viver” conta com o indispensável apoio do RAAML – Câmara Municipal de Lisboa.

 

DSC03595.JPG

 Rastreios antes da Caminhada Comunitária
Crédito foto: ©Mykola Chaban

 

DSC03664.JPG

 Os participantes na partida da Caminhada Comunitária
Crédito foto: ©Mykola Chaban

 

DSC03686.JPG

Caminhada Comunitária à chegada ao Jardim da Alameda
Crédito foto: ©Mykola Chaban

 

DSC03773.JPG

Aula de Tai-chi
Crédito foto: ©Mykola Chaban

 

DSC03867.JPG

Almoço após a Caminhada Comunitária
Crédito foto: ©Mykola Chaban

 

Consulte aqui a galeria de fotos completa na nossa página Facebook.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:02

Uma equipa da Médicos do Mundo (MdM) vai realizar acções individuais de educação para a saúde, com distribuição de material contraceptivo, este sábado, dia 13 de Junho, a partir das 22h, na festa “Escândalo”, sobre a temática das “50 Sombras de Grey”, promovida pelo espaço nocturno “Enseada”, na Póvoa de Varzim.

 

“As 50 Sombras de Grey”, o célebre romance erótico e bestseller da autora inglesa Erika Leonard, é a base do tema “Sexo, Bondage e Sadomasoquismo” da festa promovida este sábado pelo espaço nocturno (Bar/Discoteca) “Enseada”, no centro da Póvoa de Varzim.

 

A MdM associa-se a este evento para sensibilizar o público sobre comportamentos de risco associados ao VIH e SIDA e efectuar distribuição de material contraceptivo.

 

A festa “Escândalo” engloba uma performance artística do videoclip “Earned It” dos “Weeknd”, uma das músicas que fazem parte da banda sonora da adaptação do romance ao cinema. O espaço terá uma decoração relacionada com o tema, em parceria com animadores e sex-shops.

 

Saiba mais aqui sobre a festa “Escândalo” na página Facebook do evento.

 

Participe e venha ter com a equipa da MdM.

 

flyer 13a_ENSEADA_VPeq.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:43

A proposta de lei de “reforço da luta contra o sistema de prostituição” vai ser discutida amanhã, 12 de Junho, no parlamento francês, após a sua passagem pelo Senado, em Março passado. Como forma de interpelação, a Delegação Francesa da Médicos do Mundo (MdM) enviou hoje aos deputados, um documentário web que reúne testemunhos de profissionais do sexo.

 

Tal como estes profissionais, a MdM denuncia a obstinação dos deputados em manter a penalização dos clientes e a insensatez de tal medida. A MdM exige a abolição imediata do delito de solicitação.

 

Este quadro legal não irá proteger em nada as pessoas, sejam elas autónomas na actividade ou vítimas de tráfico de seres humanos. A Delegação Francesa da Médicos do Mundo recolheu o testemunho destas pessoas para dar-lhes voz. Estas explicam como temem o impacto da penalização dos clientes, uma situação que não ajudará a acabar com a precariedade com que a maior parte é confrontada.

 

Punir os clientes como forma de lutar contra o sistema de prostituição é uma ideia falsa. Pelo contrário, irá agravar as condições de vida e o acesso aos direitos das pessoas, forçando-as à clandestinidade, à precariedade e ao perigo acrescido. Já estão a ser utilizadas estratégias para contornar a situação, tanto da parte dos clientes como dos profissionais do sexo, como forma de evitar a prisão”, explica a Dra. Françoise Sivignon, Presidente da Delegação Francesa da Médicos do Mundo.

 

Esta clandestinidade irá conduzir a um distanciamento das estruturas de cuidados de saúde, rastreio e de prevenção. As pessoas terão um poder de negociação reduzido junto do cliente. Serão forçadas a aceitar certas práticas ou relações não protegidas e estarão mais expostas à violência e à exploração.

 

A Delegação Francesa da Médicos do Mundo tem intervenção junto dos profissionais do sexo há mais de 15 anos. Seja em Paris, Nantes, Poitiers, Rouen ou Montepellier, o objectivo consiste na melhoria do acesso aos cuidados de saúde e dos seus direitos, testemunhando as suas dificuldades.

 

No terreno, as equipas da Delegação Francesa da MdM constatam há já muitos anos os efeitos prejudiciais das políticas repressivas, tal como aconteceu no final de Maio no bairro de Belleville, em Paris.

 

A Médicos do Mundo apela aos deputados franceses que concentrem os seus esforços na luta contra o tráfico e a defender o acesso incondicional aos dispositivos de direito comum de acompanhamento social e sanitário.

 

Clique aqui para assistir ao documentário web enviado aos deputados franceses. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:34

O trabalho da Médicos do Mundo (MdM), enquanto referência do nosso tempo e sociedade, foi homenageado na primeira edição do “Terra Justa” - Encontro Internacional de Causas e Valores da Humanidade, que se realizou em Fafe, no início de 2015. Para além da participação numa tertúlia e do depósito de uma mensagem no Mural do Tempo, a MdM esteve presente na iniciativa com uma exposição sobre as suas actividades.

 

O “Terra Justa” teve como objectivo alertar, provocar e envolver os cidadãos relativamente à importância das causas e valores da humanidade. Durante o evento decorreram conferências, tertúlias de café com convidados nacionais e internacionais, exposições e teatro de rua, debates e música, entre muitas outras actividades.

 

Fernando Vasco, Vice-Presidente, e António Andrade, membro da Direcção da MdM foram os representantes da Associação nesta homenagem, tendo participado na tertúlia dedicada às “(In)Justiças no mundo contemporâneo”.

 

O Vice-Presidente da MdM depositou ainda uma mensagem no Mural do Tempo. Construído em pleno centro da cidade de Fafe, alberga mensagens de diversas personalidades que estiveram presentes no “Terra Justa” e que só serão tornadas públicas daqui a 25 anos. A ideia é entender em 2040 como mudou o mundo, as ideias e a visão da sociedade, nomeadamente ao nível dos valores humanos e das grandes causas globais.

 

O “Terra Justa” englobou ainda a exposição “Médicos do Mundo 1980-2015” que reuniu um extenso leque de actividades desenvolvidas pela associação em prol da garantia dos cuidados básicos de saúde em Portugal e um pouco por todo o mundo.

 

Sob o lema “lutamos contra todas as doenças, até mesmo a injustiça”, a exposição contou com imagens, documentários e outros elementos que exaltam a luta diária dos membros da Associação em fazer chegar aos mais desprotegidos um conceito alargado de saúde, que inclui o bem-estar físico, psíquico e social.

 

Aceda aqui a mais informação sobre o “Terra Justa”.

 

DSC_0364.JPG

Homenagem à Médicos do Mundo
Crédito foto: ©António Neiva

 

DSC_0299.JPG

Participação na tertúlia “(In) Justiças no mundo contemporâneo”
Crédito foto: ©António Neiva

 

DSC_0317.JPG

Mensagem depositada por Fernando Vasco no Mural do Tempo
Crédito foto: ©António Neiva 

 

DSC_0340.JPG

Exposição “Médicos do Mundo 1980 -2015”
Crédito foto: ©António Neiva

 

Consulte aqui a galeria de fotos completa na nossa página Facebook.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:38

A Médicos do Mundo (MdM) agradece o importante apoio de todos os portugueses que utilizaram a consignação de IRS a favor da MdM. Bem-haja pela sua solidariedade tão indispensável para que a Associação continue a prestar cuidados de saúde gratuitos às populações mais desfavorecidas.

 

Terminou no passado dia 31 de Maio o prazo de entrega das declarações de IRS de 2014. Durante o processo, através do preenchimento do campo 9 do anexo H (modelo 3), com o NIF 504 568 566, era possível contribuir para os projectos da Médicos do Mundo, sem qualquer encargo adicional.

 

Todos os portugueses que indicaram a MdM na sua declaração do IRS, contribuiram com 0,5% dos seus impostos para a continuidade da missão da Associação, nomeadamente do projecto “Saúde Móvel”, através do qual são prestados cuidados de saúde gratuitos à população excluída. Um projecto que se encontra em risco devido à frágil condição financeira que a MdM atravessa.

 

O nosso bem-haja pelo seu apoio.
Esperamos poder continuar a contar com sua solidariedade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:06

Médicos do Mundo cria plataforma de parceiros

por Médicos do Mundo, em 01.06.15

Mobilizar parceiros e criar uma plataforma na área da comunicação, marketing e captação de fundos é o objectivo da campanha “#PresentesMdM” que a Associação Médicos do Mundo (MdM) acaba de lançar. A iniciativa surge numa altura em que são cada vez mais os pedidos de ajuda e cada vez menos os apoios recebidos pela MdM. Para manter a sua intervenção junto das populações vulneráveis, a Associação precisa mais do que nunca da presença de todos.

 

Numa altura em que se registam em Portugal cada vez mais casos de pobreza e de exclusão social, em que existem pessoas que têm de escolher entre a toma de medicamentos e uma refeição diária, a Associação Médicos do Mundo recebe cada vez mais pedidos de ajuda e debate-se simultaneamente com uma diminuição dos apoios financeiros públicos, empresariais e de particulares.

 

Para continuar a assegurar cuidados de saúde gratuitos e uma intervenção de proximidade junto das populações mais desfavorecidas, a MdM depende da solidariedade de diferentes parceiros nas mais diversas áreas. É neste sentido que acaba de lançar a campanha “#PresentesMdM”, através da qual apela à participação de empresas e especialistas da comunicação, marketing e captação de fundos, numa modalidade de voluntariado. Avaliação de impacto, advocacy, comunicação online e marketing digital desenvolvimento website, design, eventos institucionais, fotografia, gestão de arquivos e documentação, produção gráfica, telemarketing, tradução, são algumas das áreas em que a MdM ainda necessita de apoio.

 

O objectivo desta campanha é criar uma plataforma de parceiros que ajudem a responder às necessidades nestas áreas, promovendo a missão, os valores e os projectos da MdM. Com esta plataforma, a Médicos do Mundo pretende garantir os recursos e apoios financeiros para continuar a promover o acesso a cuidados de saúde gratuitos e a ajuda a mais de 5.000 pessoas, nomeadamente jovens, idosos e pessoas sem-abrigo, através de 8 projectos nacionais em curso em Lisboa e no Porto e outros que possam vir a ser implementados.

 

Só com o contributo de doadores e financiadores, o empenho de voluntários, parceiros e equipa MdM tem sido possível à Associação manter a sua intervenção ao longo dos últimos 15 anos, através de projectos nacionais e internacionais e acções de emergência humanitária em diversos pontos do globo.

 

Os cerca de 3.500 beneficiários do projecto “Farmédicos” (apoio medicamentoso), os mais de 100 jovens inseridos nas actividades do projecto “Like ME” (promoção da saúde mental juvenil) e as mais de 1100 pessoas envolvidas no projecto “Porto Escondido” (detecção precoce e prevenção do VIH e SIDA e Infecções Sexualmente Transmissíveis) são exemplo da indispensável intervenção realizada pela Associação. Para além disso, todas as semanas as unidades móveis da MdM apoiam diferentes populações, que de outra forma não teriam acesso a cuidados de saúde, apostando também numa óptica de informação e sensibilização para diversas problemáticas.

 

Da plataforma de parceiros agora a ser criada já fazem parte a embaixadora da MdM Sílvia Alberto, a SpeedCom na assessoria de imprensa, a Say U Consulting na estratégia de comunicação, a SPIE na gestão dos doadores, a Ophelia Studio na criatividade de campanhas institucionais, a outCOme na mobilização de empresas, a Bridge na produção de eventos, a Aupper, Lifecooler e a Halocare na responsabilidade social, a Mariana Roxo na assessoria de comunicação e imagem, o Fabrice Demoulin na fotografia, a Maria João Alves e o Filipe Pedrosa nos conteúdos de comunicação, o António Atabão, Miguel Fuller e a Manuela Mora no apoio à organização de eventos e traduções.

 

Campanha “#PresentesMdM”

Diga também presente e apoie a missão da Médicos do Mundo.

 

Para se inscrever nesta plataforma e indicar a área de apoio, contacte o Departamento de Comunicação, Marketing e Captação de Fundos da Associação: Rosa Pereira | rosapereira@medicosdomundo.pt | Tm. 964 44 47 41

 

Campanha_PresentesMdM_web.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:13


Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D