Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Posto Coordenador de Saúde - Médicos do Mundo (MdM)

por Médicos do Mundo, em 01.07.11

 

 

Posto Coordenador de Saúde

Médicos do Mundo (MdM) 

 

Refª: PISTP/COORDSAUDE

 

TERMOS DE REFERÊNCIA

 

Perfil do Posto

 

 

Designação do Posto: Coordenador (a) de Saúde dos Projectos “Prevenção e Controlo da Malária em Moçambique: Aumento do Acesso Universal através de Intervenções Comunitárias” e “Resposta da epidemia do VIH/SIDA em Moçambique através de parcerias efectivas entre Governo e Sociedade Civil”, estando ambos enquadrados na linha de financiamento do Fundo Global.

 

Localização do Posto: Nampula, Moçambique, residente na Ilha de Moçambique e com deslocações regulares para Mossuril e Monapo.

 

Tempo de duração do Posto: 2 anos (tempo de duração da primeira fase do projecto)     

 

Relações Hierárquicas: O colaborador (a) responderá directamente perante o Coordenador País, o Desk e Director de Ajuda Humanitária.

 

Descrição das funções do Posto: O Coordenador (a) de Saúde irá exercer as suas funções no âmbito dos projectos “Prevenção e Controlo da Malária em Moçambique: Aumento do Acesso Universal através de Intervenções Comunitárias” e “Resposta da epidemia do VIH/SIDA em Moçambique através de parcerias efectivas entre Governo e Sociedade Civil”. Ambos os projectos surgem na sequência do trabalho que MdM Portugal tem vindo a desenvolver em Moçambique e visam reforçar as estratégias apoiadas pelo Fundo Global na luta contra estas doenças ao nível nacional.

 

 

Tem como funções específicas:

 

  • Responsável directo pelas equipas técnicas locais MdM;
  • Assegurar a coordenação técnica na área dos programas de saúde, em particular nos referentes à malária e VIH/SIDA, e das actividades do projecto com os parceiros da organização;
  • Acompanhar e actualizar regularmente os temas da malária e VIH/SIDA, com especial enfoque sobre os grupos de jovens, ao nível nacional e internacional;
  • Identificar no quadro do projeto necessidades de formação contínua dos técnicos de saúde e dos activistas, implementar acções de formação em áreas relacionadas com malária e VIH/SIDA a nível clínico, de gestão de serviços e de saúde comunitária e ainda nos mecanismos de comunicação e de organização comunitária;
  • Participação na constituição, formação e supervisão da equipa técnica de suporte aos Cuidados Domiciliários;
  • Assegurar a Supervisão formativa, com base em guiões apropriados, dos técnicos de saúde locais e dos voluntários de Cuidados Domiciliários durante as actividades;
  • Colaborar com as autoridades locais de saúde na organização de campanhas de saúde;
  • Apoiar na implementação de acções IEC de base comunitária (participação na elaboração dos programas, formação contínua de activistas, monitorização das actividades);
  • Elaborar, em conjunto com a equipa técnica, ajudas de memória sobre malária e VIH/SIDA e o material IEC previsto pelo projecto;
  • Ajudar o Coordenador de País na preparação de documentos, material de ensino e aprendizagem orientados para os diferentes grupos-alvo – autoridades locais, OCBs, Direcções Distritais, entre outros.
  • Preparar os materiais didácticos e os documentos técnicos relevantes para a formação de Professores e alunos nas escolas em temas de malária e VIH/SIDA.
  • Realizar a formação e a supervisão formativa, assim como a planificação de actividades de formação;
  • Apoiar no controlo e monitorização da distribuição da cesta básica para Pessoas que Vivem com VIH/SIDA;
  • Participar na formação, execução e análise de dados do estudo CAP vocacionado para os jovens.
  • Elaborar, em colaboração com o Coordenador Projecto, os Relatórios Internos Mensais descritivos e Relatórios trimestrais para o financiador;
  • Colaborar com o Coordenador de País nas restantes actividades em que seja solicitada a sua participação.

 

 

Competências e conhecimentos requeridos

- Capacidade de liderança e iniciativa

- Objectividade

- Capacidade de planificação e organização

- Capacidades interpessoais e de trabalho de equipa

- Capacidade de delegação de tarefas

- Capacidade de comunicação 

- Capacidade de decisão e de resolução de problemas

- Compromisso com formação contínua

- Conhecimentos tecnológicos

- Profissionalismo

 

Competências e/ou experiência adquirida

- Formação académica em enfermagem ou medicina

- Experiência em ONG, nomeadamente em actividades de mobilização comunitária, será uma mais valia

- Bons conhecimentos de Excel e Word

- Fluenteem português. Domíniodo Inglês será uma mais valia

 

 

Envio de currículo e carta de motivação até 17 de Julho de 2011, para:

florbelacordeiro@medicosdomundo.pt

Andreia.oliveira@medicosdomundo.pt

 

 

 

Informamos que só responderemos às candidaturas que forem seleccionadas para entrevista. As entrevistas serão presenciais e realizadas na sede de MdM em Lisboa. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:40



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D