Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

Crédito foto: Typhoon - Noel CELIS AFP


Com uma equipa que já se encontrava em Manila há vários meses a trabalhar num programa de saúde ambiental, a Médicos do Mundo (MdM) foi das primeiras organizações a intervir após o tufão Hayan nas Filipinas. A esta equipa juntou-se uma outra equipa de emergência, composta por 16 médicos e operacionais de logística, vindos sobretudo de França e Espanha. 


A situação nas zonas atingidas pelo tufão é de cataclismo. Milhares de pessoas morreram, dezenas de milhares estão feridas, 4,5 milhões estão deslocadas e mais de um milhão de casas foram destruídas. Para a maioria dos sobreviventes não há comida, nem cuidados de saúde. As poucas estruturas de saúde que foram poupadas não têm equipas médicas. 


O responsável da equipa de emergência da Médicos do Mundo, Joël Weiler, referiu em entrevista que “a prioridade é trabalhar com os Filipinos para os Filipinos”. Assim, a MdM tem colaborado com o Departamento de Saúde das Filipinas para identificar as localidades onde a sua presença é mais necessária. A intervenção da MdM traduz-se sobretudo na prestação de cuidados de saúde primários, além de apoio psicológico e nutricional a grávidas e crianças. 


Médicos do Mundo (delegação francesa) enviou ainda 50 toneladas de material e medicamentos, incluindo kits de emergência para cobrir as necessidades de 10 mil pessoas durante um período de 3 meses e, como medida de prevenção, kits para tratar a malária e a cólera. 


Preocupados com a deficiente ajuda financeira face à extensão da tragédia, a MdM, em conjunto com outras 10 ONG, apelou aos doadores internacionais para mobilizarem mais recursos financeiros para auxiliar a população afectada.


Ajude-nos a ajudar as vítimas do tufão Haiyan nas Filipinas. Faça o seu donativo aqui.


Um donativo de € 20 permite tratar:


- 10 crianças afectadas com bronquite


Ou


- 3 crianças afectadas com diarreia


Ou


- 5 crianças afectadas com subnutrição grave


Crédito foto: Typhoon - Ted ALJIBE AFP
Crédito fotos: Arquivo MdM 

publicado às 14:09


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D