Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

O Hospital Ayres de Menezes, o único hospital central de São Tomé e Príncipe, viu o seu fundo de maneio ser reduzido para metade, mais concretamente de 420 milhões de dobras para 225 milhões de dobras por mês (1 Euro equivale a 24.500 dobras - taxa de Agosto de 2011).

O director-geral do hospital, José Luís, confirmou em entrevista ao Jornal Téla Nón, a gravidade da situação: "o Fundo de recuperação de custos cifra-se actualmente em cerca de 2 milhões de dobras por dia. Para um mês são cerca de 60 milhões. E é com ele, numa forma mágica, que temos estado a aguentar. Julgo que é necessário injectar recursos financeiros para garantia segura de financiamento".

Ver notícia completa aqui

publicado às 16:12


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D